Oper Experience

Oper Experience,
Serviço da Oper desenvolvido para a qualificação dos profissionais de engenharia.
Viva esta experiência, destaque-se com mais experiência!

1º Oper Experience

CURSO: GEOTECNIA AMBIENTAL E RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS


OBJETIVOS: Apresentar aos participantes os mais modernos materiais e técnicas aplicadas à Geotecnia e Geotecnia Ambiental em Aterros Sanitários, Recuperação de Áreas Degradadas e Bioengenharia de Solos com ênfase em estabilização, recuperação e proteção superficial do solo, em um ambiente favorável ao networking e intercâmbio de conhecimentos.

PÚBLICO ALVO: Engenheiros Civis, de Minas, Ambientais, Agrônomos, Florestais, Geógrafos e demais profissionais afins aos projetos, planejamento, execução, gerenciamento e fiscalização de intervenções no âmbito da Geotecnia Ambiental: Proteção, Estabilidade e Recuperação Ambiental.
PROGRAMA:

07:30 – 08:00 Credenciamento e abertura
08:00 – 09:00 Introdução à Geotecnia
09:00 – 10:00 Fundamentos de Geomecânica de Aterros Sanitários
10:00 – 10:40 Coffee Break / Networking
10:40 – 11:40 Introdução à Geotecnia Ambiental
11:40 – 12:30 Materiais Geossintéticos
12:30 – 13:30 Almoço livre
13:30 – 14:30 Visão geral sobre Recuperação de Áreas Degradadas (RAD)
14:30 – 16:00 Bioengenharia de Solos
16:00 – 16:40 Coffee Break / Networking
16:40 – 18:00 Estudos de Caso
18:00 – 18:30 Âncoras de Solo

EMENTA:

1 - Introdução à Geotecnia
1.1 - História e conceitos básicos
1.2 - Movimentos de massa
1.3 - Estabilidade de taludes e encostas
2 - Fundamentos de Geomecânica de Aterros Sanitários
2.1 - Particularidades do comportamento geomecânico dos resíduos sólidos urbanos e suas implicações nas fases de projeto, operação e desempenho pós-fechamento dos aterros sanitários
2.2 - Monitoramento ambiental, geotécnico e operacional de aterros sanitários
3 - Introdução à Geotecnia Ambiental
3.1 - Conceito e amplitude
3.2 - Atividades potenciais de aplicação
3.3 - Materiais Geossintéticos
4 - Recuperação de Áreas Degradadas
5 - Bioengenharia de Solos
5.1 - História e conceitos básicos
5.2 - Uso da vegetação na estabilização e proteção superficial do solo
5.3 - Estudos de caso
6 - Âncoras de Solo
Luiz_Lucena

Eng. Luiz Lucena


Formado em 1982 pela Universidade FUMEC, certificado internacionalmente em controle de erosão e sedimentos (CPESC), certificado em sistema Vetiver pela Rede Internacional do Vetiver (TVNI), diretor da OPER Engenharia, diretor para o Brasil da IECA - Associação Internacional de Controle de Erosão e Sedimentos, membro da ABGE – Associação Brasileira de Geologia de Engenharia e Ambiental, trabalha há mais de 20 anos em estabilização, recuperação ambiental e Bioengenharia de Solos.
foto2

Prof. Gustavo Simões


Professor Associado do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da Escola de Engenharia da UFMG. Engenheiro Civil pela UFMG (1990), Mestre (1994) e Doutor (2000) em Engenharia Civil - Geotecnia pela PUC-Rio. Realizou Pós-doutorado na Edinburgh Napier University, desenvolvendo projeto sobre Modelagem das Emissões de Longo Prazo em Aterros Sanitários. Pesquisador do CNPq. Membro de diretoria de Núcleo Regional de Minas Gerais e do Conselho Diretor da ABMS - Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica. Responsável pelo Monitoramento Geotécnico do Aterro Sanitário de Belo Horizonte desde 2000. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Geotecnia, atuando principalmente nos seguintes temas: aterros sanitários, resíduos sólidos urbanos, geotecnia ambiental, geotecnia experimental, geotecnia computacional e monitoramento geotécnico.
Profa. Gardoni.fw

Professora Gardoni


Possui graduação em Engenharia Civil pela Escola de Minas de Ouro Preto (1980), mestrado em Geotecnia pela Universidade de Brasília (1995) e doutorado em Geotecnia pela Universidade de Brasília (2000) e, doutorado sanduiche pela CAPES na École Polytechnique de Montreal, Canadá. Realizou o estágio Pós-Doutoral na Universidade Joseph Fourier (UJF), Grenoble, França e, no Instituto Nacional de Pesquisa de Ciência e Tecnologia para o Meio Ambiente e a Agricultura (IRSTEA), Anthony, França em 2011. Em 2004 recebeu o IGS Award pela contribuição nos estudos de Filtração e Drenagem com Geossintéticos. É Professora Associada da Universidade Federal de Minas Gerais, a partir de 2002, onde atua na Graduação em Engenharia Civil e Engenharia Ambiental e no curso de Mestrado em Geotecnia e Transportes da UFMG. Tem atuado como revisora de trabalhos para: Geosynthetics International, Canadian Geotechnical Journal; Geotecnia; Soils & Rocks) e Revista da Escola de Minas. É Vice-Presidente da IGS Brasil, membro da International Geosynthetics Society (IGS), da Comissão de Normas da IGS Brasil e da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica (ABMS). Atualmente coordena vários projetos de pesquisa com órgãos de fomento como CNPq e FAPEMIG e com empresas como Yamana Gold, Vale e VLI etc, principalmente no desempenho dos geossintéticos em geotecnia e meio ambiente. Tem experiência em Engenharia Civil, na área de Geotecnia, com ênfase em Mecânica dos Solos e Geossintéticos. Atua com geossintéticos, principalmente em: barragens, obras de proteção ambiental, geotecnia experimental e pavimentação.

Um pouco do que foi o 1º Oper Experience